Animês voltam a invadir os consoles

2012 pode ser considerado o ano do retorno dos animês nos consoles? Repararam a crescente quantidade de títulos que estão prometidos para o primeiro semestre desse ano? Em outras gerações era comum vermos jogos de desenhos japoneses chegando aos baldes, mas de um tempo para cá eles diminuíram muito, mas as últimas notícias podem animar um pouco os fãs de Naruto, One Piece, Saint Seiya e Bleach.

Começaremos, então, com os lançamentos mais recentes de Saint Seiya Senki, já lançado no Japão, e One Piece Kaizoku Musou, que deve chegar para PS3 e XBox 360 em março. Ambos com mesmo gameplay de Dinasty Warriors, os dois prometem cobrir grande parte da história apresentada pelo desenho, seguindo a mesma linha de sucesso de Naruto Shippuuden: Ultimate Ninja Storm 2. São jogos feitos para os verdadeiros seguidores dos desenhos, com excelente trabalho visual e foco na história, obrigando o jogador a cumprir desafios para ter acesso a cutscenes e conteúdo extra.

Ainda falando em Naruto, o próximo game da franquia mais famosa do mundo, competindo diretamente com Pokémon, promete trazer 70 personagens jogáveis e muitos combates. Não é nenhum mistério que a tendência dos jogos nessa nova geração é revisitar o que já foi lançado numa nova roupagem e proporcionando o multiplayer. Se pensarmos nesses jogos que comentei até agora, nada de novo foi anunciado, pois, já tivemos tudo isso em outros títulos de outras gerações. Acredito que a real intenção das produtoras é tentar reunir o máximo de conteúdo para os gamers num só título, fazendo que seja mais um item de coleção.

Claro que existe sempre o caminho contrário, de franquias de sucesso que se tornaram animês e ganham cada vez mais público com o passar do tempo. Esse ano teremos Street Fighter vs. Tekken, com duas franquias que se ganharam episódios e filmes que até hoje fazem sucesso, Zone of the Enders, com versão em HD dos dois títulos lançados e Tales of Grace F, da série de sucesso do Wii e PS3 que teve 4 animês produzidos. Ainda correm boatos de que um novo game de GundamDragon Ball e Bleach podem chegar para essa geração, sem contar o próximo Pokémon Plus Nobunaga’s Ambition e Fairy Tail: Portable Guild 2, para PSP.

Sinto falta de poder pegar um anime um pouco mais desconhecido e saber que vou encontrar algum RPG maluco e impossível de se jogar ou que sempre teremos um joguinho mais infantil de Doraemon ou Detetive Conan. As produtoras, tanto de animê quanto as de game, não apostam mais em jogos nesse estilo, até mesmo porque o custo ficou muito superior ao que tínhamos antes, mas o que me desagrada é saber que sempre teremos a tríade Naruto, One Piece e Dragon Ball, nos consoles da Sony e Microsoft, além de contar com um novo Pokémon, para Nintendo, a cada ano.

Tivemos um anuncio fraco para Ao no Exorcist (PSP), um possível jogo de Nurarihyon no Mago, nada de bom para Fate Zero (da série Fate Stay Night), Steins;Gate e a possibilidade de um RPG com uma história incrível. Enfim, a impressão é que esse mercado está ficando cada vez mais pequeno, dependendo dos mesmos títulos e estilos para atender à um público que evolui e pede por inovação.

Até quando ficaremos sem um grande lançamento de um animê que esteja em destaque, substituindo as franquias que ganham novos jogos já desgastados antes mesmo de chegar até as mãos dos gamers? E você, qual animê gostaria que ganhasse um jogo para o seu console?

Compartilhe a Cidade

Post Author: Rafael Nery

1) Geminiano e Nerd 2) Adoro usar xadrez 3) Amante de quadrinhos, games, filmes e desenhos 4) Estudioso da cultura japonesa 5) Viciado em literatura fantástica