Cidade Gamer 187: Sucessores Espirituais

Podcast: Sucessores espirituais

Sejam bem vindos moradores pixelados da nossa querida Cidade Gamer, hoje o sucessor espiritual do Nerdrops de Games irá falar de jogos que vieram para continuar histórias que queríamos viver, vamos falar de sucessores espirituais, vamos falar de Mighty No. 9, Yooka-Laylee, Bloodstained: Ritual of the Night e muito mais!

Para isso, temos hoje no programa Kiliano Lopes diretamente do 365 Indies, Dhiego Lúcio,  Victor Haratani, Ed Palhares, o Vice Prefeito Kodoji e o Prefeito Vivacqua!

[box]Tempo do programa:

  • Bônus Round: 4m10s
  • Início do Programa: 8m50s
  • Continue ou Game Over: Não tem neste programa
  • Leitura de Emails: 1h21m30s

[/box]

  1. Sucessores Espirituais Cidade Gamer 1:42:57

Baixar o Podcast na Versão Zip

Super NerdCon 2015

Siga no Twitter:

Jogos comentados no programa:

Comentados no programa:

Gostou do nosso podcast? Já conhecia nosso podcast? Já conhecia essas histórias? Não deixe de contar a sua! Adoramos receber emails, e todos aqueles que escrevem são nossos moradores pixelados. Deixe seu recado, opinião e crítica em nosso email, escreva para: podcast@cidadegamer.com.br

[box] Assine o Feed do Podcast http://feeds.feedburner.com/CidadeGamer[/box]

[box type=”download”] Assine o nosso podcast no iTunes[/box]

Compartilhe a Cidade

Comments

comments

  • Raphael Wilker

    O único que eu senti falta foi Bioshock que é sucessor espiritual do Systemshock

    • Mas foi comentado no programa.

      A não ser que tenha saído no corte final.

      • Raphael Wilker

        Então vou ouvir de novo.
        Afinal o cast tá bacana, vale a pena ouvir de novo.

        • vivacqua

          Falamos sim, só que como ninguém do grupo jogou, ficou só comentado por alto!

          • Raphael Wilker

            Uma coisa que eu achei muito bacana foi o questionamento no final sobre o Chrono Cross, que veio de um outro jogo chamado Radical Dreamers.

          • Leandro alves

            Radical Dreamers na verdade se passa antes de Chrono Cross

          • Raphael Wilker

            Pelo que eu vi Radical Dreamers seria uma das realidades paralelas de Chrono Cross.

  • Guilherme Sansoni

    Que música essa do final!!! Fallout é vida!!! Fantástico o cast!!!
    Sobre o fim do Pixel News Bits prefeito… eu acho que sua motivação é válida, e eu sinceramente prefiro os gameplays, não pela questão de qualidade, pois eu assiti alguns pixel news bits, e tem muita qualidade… mas pela questão de que da mais trabalho.. acho que montar essas noticias de forma escrita, e continuar com os 2 casts e os gameplays…

  • Fabio Pereira

    Cast espetacular, equilíbrio perfeito entre o humor e o debate! Até a trilha de fundo ficou demais, arranjos de Megaman! Terminando com Fallout, não podia ser melhor. Me inspirou até a escrever um e-mail…

    Obrigado pela resposta sobre o Pixel News bits Vivacqua. Eu tinha observado o número de views e imaginei que poderia ser esse o motivo do fim do quadro, mas acho que não custava perguntar né… Eu gostava muito dele porque resumia bem as notícias do dia, muitas das quais eu não tinha acompanhado. Mas entendo perfeitamente que se não havia audiência não há motivos para continuar. Mesmo assim continuo vendo os gameplays, e particularmente gosto mais dos que têm até 20 minutos, mas se o pessoal gosta dos maiores, não vejo problema algum.

  • Jefferson dias

    Olha, eu sou ouvinte novo e esta dificil acompanhar as opniões de vocês, estão criticos demais. Ficou meio “claro” nesse cast que: a primeira palavra no dicionario gamistico de vocês é NOVO e tudo tem que ser/ter isso. É incrivel a capacidade de “morder”, depois “assoprar” e depois “morder” de novo ao “criticar” um jogo, falam como se coisas consideradas “iguais” fossem ruins e o que vale é só o NOVO, ideias novas é o que vale. Eu entendo o tom humoristico, eu gosto disso, o problema é “colocar o monoculo” e criticar….isso não uma coisa ruin, mas esta me incomodando pessoalmente. Nem preciso que deem um resposta, mas eu precisava “falar” 😉

    • vivacqua

      Grande parte da idéia do Cidade Gamer é bom humor e o foco editorial!

      Como você é um novo ouvinte, não deve saber que o nosso ponto de base foi a nostalgia por mais de 150 programas, apenas pincelando o novo, mas chega um momento em que opiniões se maturam e podemos rever nossos pensamentos e colocar aqui.

      Outra idéia nossa é a transparência, nossa opinião está aqui e publicada há 4 anos, nós mudamos de opinião, nós nos adaptamos ao mercado, cenário de games, e é claro a opinião de nossos amigos e leitores.

      A questão de crítica é levantar a discussão, a conversa e interação, é saber o que vocês desse lado pensa, e torcer para que, como eu falo muito no podcasts, que eu esteja errado, e aprenda uma lição, adoro aprender coisas novas e mudar de opinião conforme meu momento!

      E vou ler seu comentário na leitura de emails, sua opinião foi e é muito importante pra esse tipo de programa que vem para levantar questionamentos, e o seu foi muito bem vindo!

      Um abração pixelado!

  • Raphael Fiamoncini

    Curti muito o cast. Confesso que quando soube do Mighty N. 9 fiquei muito animado, porém ao conferir o jogo percebi que era basicamente um novo Megaman X.

  • Tiago Miguel

    Quando eu falei que o Symphony of the Night era o melhor metroidvania eu não tive a intenção de ser babaca. Quando falei que quem não achava isso estava errado eu disse com ironia. Mas que fique claro que eu não quis dizer que o podcast estava errado

    • vivacqua

      Obrigado por esclarescer, se eu passei algum tom além de bem humorado no comentário, também peço desculpas 🙂

  • Kenny

    Ótimo podcast XD. Olha aqui o “sucessor espiritual” do P.T: https://www.youtube.com/watch?v=__i_LoRKhJ0