Sega Activator – o sensor de movimento da Sega

O SEGA Activator era mais um periférico lançado pela SEGA para funcionar juntamente com o Mega Drive. A ideia básica do aparelho era simples, fazer com que o jogador utilizasse os movimentos do seu corpo para controlar o console e os jogos, mas quem disse que isto seria fácil?

 

Vejam, eu sou o avô do Kinect !

 

O Activator possuía o formato octogonal e em cada um de seus lados havia um sensor infravermelho que “lia” os movimentos os jogador, sendo assim os botões ABC, Start e quatro direções do direcional, podiam ser facilmente simuladas. Este era o grande problema do Activator, ele não interpretava os comando do jogador, na verdade ele era apenas um joystick com um formato diferenciado e ao mesmo tempo que isto era uma dádiva, já que não eram necessários jogos exclusivos para o aparelho, também foi um dos principais fatores de seu fracasso, já que era extremamente difícil utilizá-lo. Outro fator de fracasso, foi seu preço, US$ 80 em 1993 era muito dinheiro para ser investido em um acessório.

 

Muita tecnologia e pouca usabilidade.

O Activator era compatível com qualquer jogo, mas existiam alguns que possuíam vantagens (será que era tão vantajoso assim?) em serem jogados com o aparelho, entre eles: Eternal Champions, Mortal Kombat, Mortal Kombat 3, Street Fighter II: Special Champion Edition, Comix Zone e Greatest Heavyweights of the Ring.

Não deixem de ver (e rir) do vídeo abaixo, é a demonstração completa de como montar e jogar utilizando o Activator.

Post Author: Vinicius Maciel

Joga video game desde a época que a palavra "ergonomia" não existia no dicionário dos designers de joystick !