E3: a feirinha de games

Olá, atletas gamers!

Sejam bem vindos a mais um treino semanal no Ginásio Gamer. Seguindo o tema geral da Cidade Gamer, o nosso ginásio também está decorado para comemorar mais uma E3.

Electronic Entertainment Expo

E3 para os íntimos. A indústria de games é baseada em um cenário de hypes ou comoção geral em direção a um título, personagem ou plataforma, e a E3 é quando se constroem esses hypes. Com a feira os gamers podem conhecer os principais lançamentos das grandes empresas, os novos consoles e os games vindouros.

A E3 que de 2011 apresentou importantes propostas de inteiração gamer – games. Apesar dos títulos apresentados, com importantes inovações gráficas, o diferencial ficou mesmo com duas plataformas apresentadas: Nintendo Wii U e PlayStation Vita.

Consoles sim, jogos não

Antes de me crucificarem, entendam que acompanhei todas as apresentações de jogos da feira, principalmente pela excelente cobertura feita pela Cidade Gamer (Dia 01, Dia 02, Dia 03, Microsoft, Sony). Também gosto de sentir o hype por um jogo, mas como treinador preciso pensar nas possibilidades que surgem com as novas ferramentas.

E é justamente sobre os consoles que a feira ganhou meu apreço. A proposta da Nintendo de seguir seu console baseado em controle por movimentos oferece novas “propostas” de jogabilidade para o gamer. Essas propostas estão no horizonte, cabendo aos desenvolvedores oferecerem as experiências.

O Wii U é baseado em um controle que imita um tablet, com tela sensível ao toque que poderá ser usada para controlar e para obter novas visões do cenário virtual. Imagino jogos de estratégia com essa tecnologia… De visual amigável, o console da Nintendo continuará com os gamers casuais, mas devido a imersão, provavelmente vai ganhar alguns hardcores de acordo com a biblioteca de games.

Já a Sony trouxe o PlayStation Vita, portátil com tela sensível ao toque e na parte posterior também será possível enviar comandos ao game. Logo, teremos comandos por movimento, seja do console em si quanto na sensibilidade da tela / carcaça. Os games apresentados são belos graficamente, mas o que interessa é o quanto essas possibilidades de comandos serão utilizadas.

Um ano de espera

Com o fim da feira, resta aos gamers esperarem pelos lançamentos, que devem acontecer nesse hiato da E3. Fica a expectativa de que o hype iniciado agora não se desfaça em decepção com a chegada de consoles e games, porque aqui no Ginásio Gamer videogame é coisa séria!

@brunnoelias começou a ver a Nintendo com outros olhos.

Compartilhe a Cidade

Post Author: Cidade Gamer

Sua Morada Pixelada, podcasts de games, vídeos, colunas, matérias textos, notícias e muito bom humor!