Eu joguei, eu lembro: Spider-Man & Venom Maximum Carnage

Sou fã do Homem-Aranha desde criança, sempre procurava comprar as HQs no formatinho quando tinha dinheiro ou minha mãe estava de boa vontade, uma das fases que mais gostei foi à saga do clone (era fã do Ben Relly como Aranha Escarlate e fiquei chateado quando ele morreu). Como o Aranha é um personagem bastante conhecido não demorou a sair jogos dele.

Joguei alguns deles no Mega Drive, mas um que me chamou a atenção foi o Maximum Carnage que tinha na capa o Carnificina, que foi baseado na maxi-série Carnificina Total. Sendo que só fui ler a história alguns anos depois (por isso achei muito estranho a presença de alguns personagens como Shriek e a versão bizarra do Homem-Aranha).

Era no famoso estilo de andar e bater, apareciam imagens em quadrinhos (com direito a balãozinho) contando a história até o ponto de a fase começar, o Homem-Aranha podia utilizar a teia de várias formas (se balançando pelos prédios, escudo, prendendo os inimigos ou trazendo-os para perto), um golpe especial que era indicado quando a barra de energia piscava. Enfrentando inimigos variados: como caras parecendo skatistas, garotas que usavam cabelos como armas (deviam ser descendentes da Rapunzel), gangster usando sobretudo e armas e homens carecas usando guarda-chuva (outra arma que deve ter promoção para inimigos).

Tinha que enfrentar os vilões citados acima, além do Duende Demoníaco, Carniça e o próprio Carnificina, mas também tínhamos ótimos aliados como Manto, Adaga, Flama, Capitão América, Punho de Ferro, entre outros, o melhor era sempre guardá-los para os chefes que eram mais complicados.

Em certo momento você podia trocar de lugar com o Venom e acabava indo para uma fase diferente, eles tinham algumas diferenças como velocidade e força, mas era ótimo jogar com ambos (o melhor era na ultima fase, onde enfrentava Carnificina e podia trocá-los durante o combate).

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=3cmMtlL9u9o]

O jogo era muito difícil, apesar da facilidade de encontrar sangue e vidas extras subindo pelas paredes, eu tive a dificuldade de não conseguir usar a ajuda, só no emulador conseguir fazê-lo e mesmo assim era complicada, a luta final com Carnificina dividida em duas fases era insana.

Até lançaram depois um jogo parecido com ele (Separation Anxiety), mas não teve o mesmo impacto. Maximum Carnage consegui pegar o bonde das HQs e obter sucesso. Ainda tenho esperança que façam uma versão desse jogo para a nova geração, aproveitando-se do sucesso do Shattered Dimensions, tenho certeza que seria sucesso na certa.

Compartilhe a Cidade

Post Author: Cidade Gamer

Sua Morada Pixelada, podcasts de games, vídeos, colunas, matérias textos, notícias e muito bom humor!