Portifólio e Curriculum Vitae

Fábrica Gamer – Empreendedorismo Parte 2: Em busca de emprego

Sejam bem vindos, meus visitantes pixelados. As portas da Fábrica Gamer estão abertas novamente para conversarmos sobre o mundo do desenvolvimento de jogos. Após vários papos, com muita informação sobre como funciona alguns pontos da indústria, achei interessante falar sobre um tópico que certamente é muito relevante para aqueles que desejam procurar emprego na área. Trata-se de currículo e portifólio, sendo esse último mais importante.

O portifólio é a parte mais importante do processo seletivo de uma empresa. Para trabalhos artísticos e técnicos, o portifólio representa tudo na seleção. Ele expressa a cara do trabalho que você fez. Os portifólios são um pouco diferentes para designers e programadores.

Para artistas e designers, as regras são semelhantes: Coloque três trabalhos completos e excelentes. Três bons são melhores que trinta mais ou menos. Se tiver mais que três melhor ainda, mas é preciso ter certeza que ele é excelente, caso contrário é preferível deixa-lo de fora do portifólio. Para artistas existem sites ótimos para exibir trabalhos, como o Deviantart. Para designers a melhor sugestão seria colocar uma lista de trabalhos com pelo menos uma foto (e link, se possível) e enumerar o que exatamente fez no projeto. Há um exemplo disso na segunda imagem abaixo, feita pelo designer Philip Mangione.

Portifolio de artista no DevinatArt
Clique na imagem para ampliar
Portifolio de Game Desiger by Philip Mangione
Clique na imagem para ampliar

Para os programadores, deve-se fazer uma lista de projetos, colocando imagens e vídeos, explicando a participação no jogo, quais linguagens e ferramentas utilizadas. Em alguns casos até exemplos de códigos fontes podem ser interessantes. Neste caso, estando bem organizados e comentados. Podemos observar isso em um exemplo do portifólio do programador Jack Wall.

Portifolio para programador by Jack Wall
Clique na imagem para ampliar

Importante lembrar que se deve deixar o portifólio sempre atualizado. O mesmo vale para o curriculum vitae. Esse deve ser sempre atualizado. A dica mais importante para um currículo é deixa-lo relevante para o que se está procurando. Se você tem uma especialização em desenvolvimento de jogos, mas não tem experiência na área que busca uma oportunidade, então deixe a sua formação acadêmica antes das experiências profissionais. Agora se você já trabalhou na área, mas ainda está assistindo a um curso, então o ideal é colocar os seus trabalhos antes.

Bom, espero ter dado alguma luz para aqueles que querem trabalhar na área. Procurar uma oportunidade de emprego sempre é uma fase importante, então é necessário dar o seu melhor. Se tiverem alguma dúvida, quiserem alguma outra dica ou mesmo compartilhar alguma experiência, por favor, deixem seus comentários na caixa de comentários abaixo.

Compartilhe a Cidade

Post Author: Cidade Gamer

Sua Morada Pixelada, podcasts de games, vídeos, colunas, matérias textos, notícias e muito bom humor!