Jogadores de games no Brasil

Fábrica Gamer – Mercado Parte 1: Áreas de games

Sejam bem-vindos, meus caros visitantes pixelados. Estamos aqui na Fábrica Gamer tentando nos adaptar as novas mudanças do mercado e da indústria para melhorar os nossos serviços. E seguindo com a idéia de fazermos matérias que estendam mais o assunto, vamos começar a falar hoje exatamente sobre mercado, começando a falar sobre as diversas áreas que existem.

Eu vou mostrar a vocês os resultados da pesquisa feita pelo Newzoo.com (clique aqui para acessar) com relação às diferentes aéreas de games. Vamos definir primeiro esses nichos. São eles: Jogos casuais em sites online, jogos de redes sociais, jogos em dispositivos móveis, MMOs, consoles, PC/Mac em embalagem e por download.

A primeira noção que devem ter é que segundo a pesquisa existem 35 milhões de jogadores ativos no Brasil, inclusos em pelo menos um dos nichos citados acima. Desses, os maiores gastos em dinheiro com games são dos jogos para console, seguidos pelos MMOs, o que é condizente com o gasto que leva fazer esse tipo de jogo. São games mais complexos e consequentemente acabam por serem  distribuidos por um valor mais elevado.

Dinheiro gasto com jogos
Clique na imagem para ampliar.

Já com o tempo gasto em jogos essa situação acaba por se inverter. Os jogos para console caem um pouco, ocupando 12% do tempo total gasto pelos gamers. Quem vem na frente, com 19% cada, são os jogos casuais e os sociais, seguidos de perto pelos MMOs, com 18%. Lembrando que isso é o tempo gasto total. Um mesmo jogador de console ou MMO provavelmente joga algum jogo casual ou em uma rede social, provavelmente no horário de trabalho.

Tempo gasto com os jogos
Clique na imagem para ampliar.

Por fim, com relação a divisão do uso das áreas (ou plataformas, podemos assim chamar), temos novamente os jogos casuais na liderança. Eles são hoje em dia os nichos mais acessados pelos jogadores. Em seguida temos os jogos sociais, os para mobile e os MMOs, que sempre acabam se destacando nessa pesquisa. É um resultado esperado observando que as pessoas não tem muito tempo para o lazer durante a semana, então um jogo mais rápido e/ou que exija que ele fique apenas um tempo naquilo acaba sendo uma ótima opção para relaxar no dia-a-dia.

Jogadores por nichos
Clique na imagem para ampliar.

            Sendo assim, pode-se notar que o mercado tem um grande apelo para os jogos casuais e de redes sociais, seja numa máquina ou mesmo num mobile, o que leva muitas empresas a fazerem esse tipo de jogo, que é certamente um mercado que acaba tornando-se mais acessível devido ao fácil acesso e os preços que não são tão elevados quando jogos de console.

Compartilhe a Cidade

Post Author: Cidade Gamer

Sua Morada Pixelada, podcasts de games, vídeos, colunas, matérias textos, notícias e muito bom humor!