Abrindo sua próprio empresa de jogos

Fábrica Gamer – Mercado Parte 2: Abrindo empresa

Abrindo sua próprio empresa de jogos

Sejam bem-vindos, visitantes pixelados da minha Fábrica Gamer. Estou de volta aqui para darmos continuidade ao nosso assunto sobre mercado de games. Hoje nós vamos falar de um tópico importante para aqueles que desejam produzir seus jogos algum dia: Montar sua própria empresa de jogos. Vamos ver algumas dicas que podem ajudar nesse processo.

Antes de falarmos especificamente de empresa de games, é importante saber abrir uma empresa, independente do ramo. Não vou entrar em grandes detalhes aqui, pois é um processo bem burocrático. Vocês podem procurar o SEBRAE que eles ajudaram em dar todas as informações que vocês precisam. Para acessar o site deles clique aqui.

Agora entrando na questão da empresa de games, é necessário planejar para qual nicho de mercado a empresa vai focar. Nós vimos essas áreas na coluna da semana passada. É importante saber o nicho, público alvo, plataformas para qual desenvolver, pois isso ajudará a empresa saber para onde vai e também para conseguir patrocinadores.

Para iniciar a abertura da empresa, começa-se pela criação do contrato social, que é um documento que mostra os valores da empresa, os sócios e o papel de cada um. Depois de ter esse contrato, o próximo passo é obter o CNPJ junto à Receita Federal. Tendo esse cadastro o último passo é ter o alvará da prefeitura. Após isso, sua empresa já pode oficialmente começar a produzir jogos.

Os custos para abrir uma empresa também é importante. É importante ter o auxilio de um bom contador para ajudar na parte burocrática. Normalmente você gastará um salário mínimo com relação para os gastos de abertura e aproximadamente isso para os gastos mensais, como folha de pagamento, nota fiscais, impostos…

Uma ótima opção para quem tem algum receio para esse início são as incubadoras. Normalmente atreladas aos pólos de informáticas de universidades, uma incubadora é uma instituição que dá apoio para empresas que estão iniciando. Lá eles oferecem um ambiente, como energia elétrica, internet e outras questões de infraestrutura. Em algumas, a sua empresa pode ficar até dois anos, onde você pagará um valor baixo para a manutenção do serviço. Só é importante observar que muitas incubadoras você ainda pagará por mais um tempo após o término do tempo de incubação.

Bom, por essa semana era isso que eu queria conversar com vocês, dando uma pincelada nessa questão de como abrir uma empresa. Uma última coisa que eu devo mencionar que é importante é a busca de patrocinadores e financiamentos, pois é fundamental ter recursos para poder fazer os jogos. Se tiverem alguma dúvida com relação ao assunto, é só deixar um comentário abaixo.

Compartilhe a Cidade

Post Author: Cidade Gamer

Sua Morada Pixelada, podcasts de games, vídeos, colunas, matérias textos, notícias e muito bom humor!