Limbo

Fábrica Gamer – Tipos de jogos 2: Indie

Sejam bem-vindos novamente aqui na Fábrica Gamer. Continuando com o assunto iniciado na semana passada, vamos continuar falando sobre os diferentes tipos de jogos. Na última visita, vimos um pouquinho sobre os jogos AAA. Hoje vamos abordar outro tipo, que cresceu muito nos últimos anos: os famosos jogos indies.

Limbo compete com Braid em melhores jogos indies
Clique na imagem para ampliar

Fazendo novamente um paralelo com a indústria cinematográfica, nós temos os blockbusters, grandes filmes vindos de Hollywood com grande orçamento, mas também há filmes independentes, que são feitos fora dos grandes estúdios, com um orçamento bem mais reduzido. Os games indies são exatamente isso: jogos feitos fora das grandes desenvolvedoras e com menos dinheiro para usar na produção (para quem não sabe, o termo indie vem de independente).

A primeira impressão que as pessoas têm quando se fala nesse tipo de game é de um produto de menor qualidade e que fica aquém dos jogos AAA. Isso é um grande engano. Darei um exemplo do meu jogo independente favorito: Braid. Já à primeira vista se vê que o jogo é visualmente belíssimo, parece uma obra de arte. A trilha sonora também é magnífica e faz parelha com qualquer grande jogo. Mesmo a jogabilidade simples está de acordo com a premissa do jogo, tornando-o divertido. Existem até mesmo extras para se fazer depois de terminar o game pela primeira vez.

O mais aclamado jogo indie
Clique na imagem para ampliar

Antigamente, fazer jogos indies era algo complicado, pois depois de desenvolvê-los você ainda tinha que distribui-los. As publishers não davam muita atenção a esse tipo de jogo menor. Porém, com o advento da distribuição digital, os jogos indies puderam ser lançados no mercado mais facilmente, já que dispensavam a mídia física e logística de distribuição. Um dos grandes contribuidores para o crescimento desse sistema de distribuição de games independentes foi o Steam.

Sendo assim, quando alguém falar em jogo indie, pense em jogos que disputam em paralelo com os jogos AAA. Como os preços deles são menores, quando um amigo lhe sugerir um game desses, dê uma chance, pois é provável que você encontre um jogo divertido. Semana que vem, voltaremos para falarmos dos advergames. Até lá, pessoal. Aguardo vocês.

Post Author: Cidade Gamer

Sua Morada Pixelada, podcasts de games, vídeos, colunas, matérias textos, notícias e muito bom humor!