Sua Morada Pixelada

Laser Scope, mais um acessório para o NES

Se você achava overrated usar os dedos para puxar o gatilho da zapper, com certeza iria gostar do Lase Scope. Nele o jogador usava a sua voz para dar o comando tiro e claro que o comando era FIRE, que precisava ser gritado em alto e bom som (mentira !! pequenos sopros também faziam a arma disparar).

 

Detalhe na espuma do encaixe para a orelha, super confortável.

O aparelho era composto, basicamente, por quatro partes. A primeira são os alto falantes, que serviam para o gamer conectar na saída de som do NES e escutar os sons dos jogos, também era possível conectar a “geringonça” ao aparelho se som e ter a sua própria trilha sonora. A segunda parte era a mira, nada mais do que um plástico semi transparente que ficava na direção do olho direito. A terceira era o microfone, o qual era responsável por captar os gritos de FIRE, a quarta e última parte era o sensor (laser é claro),  responsável pela função de “acertar” a tv, ficava logo acima da mira.

 

linhas retas, o supra-sumo da ergonomia.

Umas das principais vantagens do Laser Scope, diferente de outros acessórios do NES, é que ele poderia ser utilizado com qualquer jogo compatível com a pistola zapper, não precisando de jogos exclusivos.

Lançado em 1990 pela Konami ??!!

Para um total entendimento de como era funcionamento do Lase Scope, vá até o post onde descrevo o funcionamento das pistolas de video game e não deixe de ler e comentar.

Joga video game desde a época que a palavra “ergonomia” não existia no dicionário dos designers de joystick !

Compartilhe a Cidade
%d blogueiros gostam disto: