Sua Morada Pixelada

LoL: Besiktas vence International Wild Card em cima de INTZ

A jornada até a final do International Wild Card Invitational (IWCI) não foi curta nem mesmo simples para a INTZ, mas chegou ao seu fim.

O time que teve uma das maiores curvas de crescimento já vistas no cenário nacional chegou ao IWCI após vencer o CBLoL numa final contra a Keyd stars.

INTZ disputando final do CBLoL em Floripa

Na Turquia conseguiu uma vaga para as semifinais, garantindo um placar de 4:2 na fase de grupos e posteriormente chegou à final do torneio numa disputa melhor de 5 contra a equipe turca Besiktas.

A habilidade entre as duas equipes era bastante desparelha, a INTZ se mostrou um time mais forte antes mesmo de chegar ao campeonato, e era a favorita para esta vitória, porém a pressão de estar jogando em outro continente pode ter pesado para nossos brasileiros que voltaram para a casa como vice-campeão do torneio, porém sem uma vaga para o MSi.

INTZ vai até o final do International Wild Card Invitational

O confronto entre INTZ e Besiktas terminou em 3:1 com vitória para os turcos. A equipe de Revolta começou a série MD5 com uma vitória e tiveram muitas oportunidades de vencer também o segundo jogo, porém os erros cometidos pela equipe brasileira foram se acumulando e momento a momento podíamos ver uma decadência da equipe nacional. Talvez por conta da pressão de estar frente a 4 mil turcos. Talvez por estarem muito ansiosos, afinal, era uma grande decisão. Mas o fato é que os erros levaram a três derrotas seguidas da equipe nacional causando até mesmo o impossível como o roubo do barão feito pelo Energy (mid-laner da BJK). Veja abaixo:

A INTZ fez uma boa campanha fora do Brasil, mas claramente cometeu muitos erros tanto no primeiro dia do torneio quanto no último.

Algumas polêmicas envolveram o evento, a primeira foi quanto a torcida turca que gritava quando os jogadores brasileiros iniciavam alguma jogada secreta, como uma chamada para o barão, um bait ou mesmo um simples gank.

Houve também uma punição no segundo jogo quando os jogadores da Besiktas se comunicaram durante um pause, o que é expressamente proibido nos campeonatos da Riot Games.

INTZ e Besiktas em estádio em Istambul

E por último, a maior das polêmicas foi quanto ao uso de celulares durante os jogos. Os jogadores da Besiktas são acusados de utilizarem smartphones em meio a partida para serem notificados caso seu adversário cometesse alguma jogada secreta como as citadas acima. A Riot inclusive, pronunciou-se quanto a esta última polêmica e disse que não fará nada pois acredita que os jogadores estarem com os celulares em seus bolsos durante os jogos não tenha influenciado na partida.

A própria INTZ também se pronunciou quanto a última das polêmicas e disse inicialmente: “Não sabemos de nada sobre o assunto, mas mesmo caso isso tenha acontecido, não foi por isso que perdemos.”, porém, após alguns instantes, disse também por sua página do facebook: “Recebemos as muitas mensagens e imagens sobre o uso do celular pela parte do time turco durante a partida. Notificamos a Riot e estamos aguardando alguma resposta/pronunciamento deles. Obrigado a todos.”

Jogador da Besiktas entregando smartphone à rioter

 

A história parece ter tido seu desfecho com o comunicado da Riot sobre o assunto, mas novidades ainda podem aparecer, porém é pouco provável que algo grande seja feito sobre o assunto.

Infelizmente não foi dessa vez que chegamos a MSi, porém sem sombra de dúvidas tentaremos novamente no ano que vem. E também vale lembrar que o Mid-Season Invitational (MSi) não é o único grande torneio do ano, e não representa o mundial, que ocorre no final da temporada e tem proporções e premiações maiores.

Sou um amante de e-sports, me aventuro tanto em MOBA’s quanto em FPS’s. Já estou perdendo partidas ranqueadas desde 2010 e eu pretendo continuar até 2110.

Compartilhe a Cidade
%d blogueiros gostam disto: