🎮 Cidade Gamer 269: Pra Que A Pressa?

Sejam bem vindos moradores e moradoras pixeladas da nossa querida Cidade Gamer, no programa de hoje vamos falar de jogos que podiam ter esperado mais um pouco para ficar melhor, vamos falar de Mass Effect Andromeda, Star Wars Battlefront, Street Fighter V, Mortal Kombat X e muitos outros.

Para isso, os mais acabados podcasters do mundo, recebemos o Fumblero Kodoji, nosso Ministro da Economia, Victor Haratani, o Ministro das Canecas Ed Palhares e o Prefeito Vivacqua.

Clique para comprar a caneca do Torbjorn de Overwatch

Este projeto só foi possível graças aos Padrinhos:

Flávio Camilo de Sousa Teixeira, William Duraut Pudell, Thiago Bertuzzi, Phylipe Brocco Anastácio, Gilmar Lima de Souza, Paulo Roberto Libardi, Suelen Nastri, David Vieira Nunes, Andre, João Henrique Dos Santos, Raphael Honda, Ricardo Maginador, Guilherme Sansoni, Drico DOliveira, Igor Benício de Mesquita, Ralf Rossini do Nascimento, Jackson Eduardo Homma, Rubens Mateus Padoveze, Renato Monteiro Ruiz, Diego Maeda Faquinello, Leon Borges E Silva, Thamise de Carvalho Farias, Gabriel Santana Novais, Carlos Eduardo Corsi Ferreira, Wagner Abril, Tuco Souza, Pedro Ernesto Bastos das Chagas, Ronne Telles dos Santos, Diego Magaiver Jahn e Patrick Buchmann.

Siga no Twitter:

Comentados no Programa:
  Redes Sociais da Cidade Gamer:

Coisas boas da Cidade Gamer:

Canecas da The Magic Box

Gostou do nosso podcast? Já conhecia nosso podcast? Já conhecia essas histórias? Não deixe de contar a sua! Adoramos receber emails, e todos aqueles que escrevem são nossos moradores pixelados. Deixe seu recado, opinião e crítica em nosso email, escreva para: podcast@cidadegamer.com.br

Comments

comments

  • JuKe

    È realmente uma pena que isso esteja se tornando uma constante nos lançamentos hoje em dia e muitas pessoas simplesmente aceitem isso. Muito bom o cast

    Voltei um pouco nos casts anteriores e não reparei se tinha algum com esse assunto e não lembro se já ouvi um da CG a respeito: Sucessos e falhas do Kickstarter, como por exemplo Mighty N.9, Yooka-Laylee, Divinity – Original Sin, etc. Mas não sei se ficaria muito parecido com o Promessas quebradas ou Jogos que falharam. Deixo ai minha sugestão.

  • Rubens Mateus Padoveze

    Eu prefiro bem feito, acho que esse tipo de atividade das empresas só as afastam do público. Aposto que eles não gostariam de pegar uma casa pela metade, e a equipe de obra prometer ir terminando , “pq não deu tempo e não avisamos”.

  • Ygor Amaral

    Particularmente eu me senti atraído pelo MEA por causa dos bugs que achei engrasadíssimos, porém eu não teria coragem de pagar mais de R$60 em um jogo com essa quantidade de bugs. Isso só tende a queimar a imagem da empresa prejudicando os futuros lançamentos. A vantagem de hoje em dia é a facilidade das desenvolvedoras lançarem patchs de correção, o que acaba deixando-as mais acomodadas com o padrão de qualidade do jogo.
    Quanto ao cast de perguntas eu super topo :v perguntas construtivas, destrutivas ou invasivas (oi bru ( ͡° ͜ʖ ͡°)) são comigo mesmo uhauhahuauhauhau (tô zoando, sou um amorzinho nas perguntas <3)
    PS: adorei o novo player do site, bem melhor que o antigo.

  • Michael Pereira

    Bom, eu concordo com alguns pontos que foram levantados nos cast, mas gostaria de acrescentar os meus 2 centavos aqui.
    Como a Bola da vez foi o Andromeda, vou comentar sobre ele. Eu comprei o Andromeda, mesmo sabendo do rebuliço que estava rolando na internet, e explico o Pq. Durante o tempo de Marketing, qualquer video que a Bioware subia no Canal dela por exemplo, a maioria dos comentários era sobre o final do Mass Effect 3, sobre a Bioware ser SJW, e sobre um desenvolvedor racista que odeia gente branca que falou merda no Twitter, e ninguém realmente falava sobre o jogo em si. Quando saiu a Matéria do Rock Paper Shotgun dizendo que o jogo era um desastre, foi percebido que era de um mesmo autor que odiou o Witcher 3, então meio que já desconsiderei a opinião do cidadão.Então eu percebi que o Hate Train já estava pistola, até pq o que dominava as conversas eram somente sempre sobre os mesmos pontos e ninguém realmente falava sobre o jogo.
    A impressão que tive foi, como se uma pessoa que jogou esse jogo de 70 horas, pegou cenas criticas onde esses problemas eram mais aparentes e jogou na internet,já meio que querendo odiar devido o que disse acima, e como tudo que para na Internet explode em hipérbole, a unica coisa que se comentou sobre o Andromeda foi sobre o problema em certas animações e alguns bugs na movimentação do persongem. Eu duvido que vocês tinham percebido que a Arma da personagem da PeeBee naquela cutscene estava ao contrario se alguém não estive colocado aquilo como Gif e viralizado nas redes sociais.
    Eu peguei o Jogo para o Play4 e joguei a versão sem o Patch que corrigia os olhos por exemplo, Francamente não me incomodou pq a personagem da Addison que viralizou como “My face is Tired”, vc interage com ela por 10 minutos no máximo no jogo inteiro.
    O combate é muito divertido, os personagens que são seus companheiros são excelentes, a História preparou o terreno para algo que tem um ótimo potencial, e é algo que outras pessoas vem criticando o jogo, de que as escolhas não tem impacto, mas essas pessoas esquecem que as escolhas na trilogia original vieram a ter um efeito grande foi la no Mass Effect 3.
    Algo que me incomodou um pouco no Cast foi a omissão de jogos que chegaram em estado pior e levaram um cafuné na cabeça da critica e não foram citados, como Fallout 4 (esse sim parece que eram pessoas feitas de batatas animadas) e o framerate chegava a 0 no Xone, Destiny que prometeu um monte de coisa nos trailers e previews e não entregou e depois vendeu o resto da história por expansões e os jogadores meio que aceitaram de boa, Battlefield 4 que literalmente era injogável no lançamento e Red Dead Redemption cheio de Bugs. Ou seja, jogos que chegaram em estado muito pior que o do Mass Effect Andromeda por exemplo, mas nem por isso foram destroçados pela critica. Durante a minha primeira jogada eu tive problemas com o frame-rate em alguns planetas, algumas animações estranhas, tive um Crash no Multiplayer e durante a exploração nos planetas com o Nomad, o jogo dava uma congeladas durante meio segundo.
    Enfim, eu deveria ter esperado para comprar?, provavelmente. O jogo é essa desgraça que a internet esta pintando?, nem de longe. Eu raramente compro jogos no lançamento, os ùnicos foram The Witcher 3 e o ME:A, e por mais falhos que os dois fossem em seu lançamento, eu me diverti D+. E pqp, como eu adoro a minha Crew nova! (segue fotinha do meu Ryder custom com a equipe )
    PS1= Desculpa pelo textão :p
    Ps2= A Ryder padrão é muito feia mesmo, a minha customizada é muito mais gata e não teve os mesmos problemas de animação que a padrão. (segue fotinha da minha Ryder custom ) https://uploads.disquscdn.com/images/b7ff54de9198f8e41f02b6ed2fe2f622b1a31ad0c142563537a9289803abdf63.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/e675f55665b5941e4e2234a383988f25b4f7a0d94aebc2af32167210cfc0b2b1.jpg

  • Renato Monteiro Ruiz

    Mto bom o cast!! Apenas para contribuir com a discussão, concordo com tudo q foi dito….aparentemente as produtoras estão usando a facilidade de atualização para o “mal”….essa funcionalidade deveria ser usanda para adicionar conteúdo e corrigir pequenos erros, não praticamente relançarem o jogo!!! Entendo q, no nível dos jogos de hj em dia, é praticamente impossível lançar algo grandioso sem nenhum erro e que há hrs de entregar a sua obra para o público, mas o que vem sendo feito é piada…os caras estão praticamente refazendo os jogos depois de lançado! Ae não da!!
    Abraços e continuem fazendo o excelente trabalho!

    • vivacqua

      Poxa renato, comentou 30 minutos depois de gravarmos os emails 🙁

      • Renato Monteiro Ruiz

        Putz! Bom…uma pena!! Mas fica para a próxima…eu vou seguir comentando sempre q possível 😉 !! Abraços!!