Resenha: Megarace 2

Olá pessoal, primeiramente queria me apresentar, eu sou Vinícius Maciel e jogo video game desde os 5 anos, o meu primeiro console foi um aparelho nacional (não consigo me lembra qual era o nome) que rodava jogos de atari 2600. Por aí você já pode imaginar quantos anos eu tenho, acertou quem pensou 29, ao longo de toda a minha “carreira” gamer já gastei incontáveis horas na frente de uma TV e por isso que nasceu a ideia desta coluna, nela irei falar de jogos que marcaram a minha vida (seja positivamente ou negativamente) e que sejam poucos conhecidos pelo público em geral, além de mostrá-los aos gamers mais novos.

Nesta primeira coluna irei falar de alguns aspectos de MEGARACE 2, um jogo que marcou a minha vida, como um exemplo de boa jogabilidade e muita diversão.


The race of your life – for your live

História e Mecânica

MEGARACE 2 foi um jogo desenvolvido pela empresa francesa, hoje já falecida, Cryo Interactive Entertainment (em 2008 ela foi adquirida pela Microids). Lançado em 1996 (apenas para PC), MEGARACE 2 era um jogo onde você participava de um “reality show” de corridas de carros na TV, a sua principal meta era adquirir cada vez mais dinheiro, para aperfeiçoar o seu carrinho com armas letais que tinham com uma única e exclusiva meta,  destruir o seus concorrentes. Estavam disponíveis: mísseis comuns e teleguiados, lançadores de minas terrestres e de óleo na pista, etc. Uma mecânica bastante conhecida e que funciona até hoje. Sem esquecer que ao final de cada corrida você participa de um minigame, que poderia ser chamado perfeitamente de “porta dos desesperados”, você deve escolher uma das três portas para tentar ganhar um prêmio.


Lucinada com a roupa da pista Foundry e as portas

Gráficos e Trilha sonora

Um dos fatores que eu mais gostava no no jogo, eram as pistas, sempre com traçados bastante diferenciados e “construídas” em lugares bastante exóticos, sempre com um nível detalhamento bastante alto para a época, para se ter uma ideia, o jogo ocupava 2 CD. Assistindo os vídeos do post vocês poderão ter uma ideia do que estou falando.

A Trilha sonora é uma show a parte, não entrarei em detalhes, escutem esta faixa e opinem.

Trilha sonora da pista Extra-Terrestrial

 

Apresentadores


Sem sombra de dúvida, o que mais chama atenção em MEGARACE 2 eram os apresentadores, Lance Boyle (Christian Erickson) e Lucinda (Alice Evans) que davam um show de carisma e exageros, sejam nas roupas ou no modo de falar. Sem esquecer que para cada pista que eles fossem apresentar, havia um “modelito” diferente, tanto para Lance quanto para Lucinda.


Introdução, “apresentação do apresentadores” e o gameplay da pista TIBET

Gosto da interação que eles apresentam no palco, seja Lance trocando o nome de Lucinda a cada momento, ou ela mostrando ser fútil e “burrinha” a cada fala.

Gameplay das pistas Foundry, Tibet e a loja de upgrades.

Onde encontrar

Mesmo já passados 15 anos desde o seu lançamento, MEGARACE 2 pode ser encontrado na GOG, por apenas $5.99 (neste pacote especial você leva o 1º e o 2º jogo da franquia), lembrando que esta versão é compatível com os sistemas operacionais mais modernos, como Windows XP, Vista e 7 (32 e 64 bits). Comprem através deste link.

Agora se você é masoquista e gosta de jogar dinheiro fora, pode experimentar o MEGARACE 3, que poderia muito bem ser chamado de “Wipeout genérico”, também custando $ 5.99, Link para compra.

 

Conclusão


Para resumir MEGARACE 2 é um jogo extremamente divertido e que merece ser jogado, mas é importante lembrar que apesar de parecer fácil, a IA do jogo não dá moleza e na maioria das vezes ela até mesmo esquece de correr e “pensa” somente em destruir você e o seu carro.

 

Bonus Stage

Imagem dos CDs originais da cópia que tenho, com a participação especial de um dos meus “action figure” trazido pela patroa em uma de suas viagens. Com todo bom colecionador, notem como ele ainda possui a etiqueta da loja.



Comments

comments

  • Diogo Cemin

    Bah eu lembro desse game! Era divertido mesmo, mas bem curtinho. Lembro que comprei uma edição que veio com uma revista. Gostei dele e tal, mas terminei bem rápido. Aí reaproveitei e dei de presente para um amigo que estava de aniversário heheh

    • Eu também recebi esse jogo por uma revista. Mas era o primeiro. Eu não sei porque mas pra mim o nome desse apresentador é Chico Flecha. Muito trabalho na prefeitura tá fazendo isso comigo.

      • VMetal

        é o nome dele em PT-BR, paciência hauhauuah

  • Thyago Athayde

    Eu tive Megarace 2. Gostava muito do jogo!
    É do tempo onde os jogos eram realmente bons e conseguiam fazer jogos simples e divertidos!

    Alguem aí jogou o Pod Gold? E o Death Rally?

  • Diego Santos

    Caramba, Vinícius. Tirou esse do fundo do baú. Esta de parabéns.

  • kodoji

    A-HÁ!!! Sabia que o nome do cara era Chico Flecha em português mesmo. Aqui tem um trecho do jogo Dublado. Que coisa maravilhosa http://migre.me/4rGNJ

    Tenho muito orgulho de dizer que joguei o 1 na época em que ele foi "lançado". E dublado desse jeito incrível. 8D

  • VMetal

    Eu aposto que os nerds de plantão sabem outro papel que o dublador do Chico Flecha fez… envolve armaduras de bronze feitas de papelão.

    • Sorento

      -_- eu sei……
      Tem escudo e talz…….
      eu tinha o jogo… comprei e veio em uma revista… não faço ideia de onde ele foi parar!
      já notaram q não tem os carros da capa no jogo!?

  • kamikasineo

    Carca velho eu tenho esse 3 é realmente uma droga em vista de todos os outros!
    Quando vai ter um post sobre wipeout? Eu tenho uns links bacanas! Abraço!

  • Fabrício Cezarini

    Nossa! muito loko este jogo, marcou a minha infância e realmente os vídeos são ótimos para a época, o meu 486 ficava derretendo com aqueles gráficos, deu vontade de jogar!

    Abraço!