Museu Gamer – Altered Beast

Produzido e lançado pela SEGA em 1988 para arcades, Altered Beast foi rapidamente “portado” para o Mega Drive e foi o primeiro jogo a vir incluso em sua caixa, mais tarde ele seria substituído pelo jogo do ouriço azul. O jogo se passa na Grécia antiga e inicia-se no momento em que um centurião grego é ressuscitado por Zeus ao qual passa para o recém ressuscitado, a missão de resgatar sua filha Athena, que foi raptada por um demônio do submundo chamado Neff. Para resgatar Athena, o jogador deveria se aventurar por 5 estágios e acabar com os inimigos com muitos socos e pontapés. Para isto, o jogador não precisa estar sozinho, também era possível jogar com um amigo, os dois jogavam simultaneamente.

Logo após ser ressuscitado, o heroi também ganha à habilidade de absorver “bolas de espírito” e a cada três destes objetos absorvidos, ele se transformava em uma criatura metade-homem metade-animal, que é infinitamente mais poderoso que sua versão humana. No total, era possível se transformar em cinco criaturas diferentes (lobo, dragão, urso, tigre e lobo dourado), uma para cada fase do jogo. Claro que após a transformação todos aquele simples socos e pontapés, deram lugar a golpes muito mais poderosos e que eram essenciais para derrotar os chefes de fase.

Um detalhe bem legal de Atered Beast, foram dois easters egg que existiam no game, o primeiro é a presença do animal de Golden Axe, ele aparece logo na segunda fase de Altered Beast. O segundo easter egg são os túmulos de Alex Kidd e Stella, sua namorada.

A esquerda, o animal na tela de abertura de Altered Beast e a direita em Golden Axe.
Túmulos de Stella e Alex Kidd.

 

Entre a infinidade de ports e versões que o jogo recebeu, pode-se destacar “Altered Beast: Guardian of the Realms” de 2002, foi lançado para Game Boy Advance. Nele a história é praticamente igual ao jogo original, a única diferença é que, ao invés de salvarmos Athena, a intenção do jogo era libertar vários reinos que estavam sob a ameaça do vilão chamado de Arcanon. Em 2005 foi lançado para Playstation 2 e apenas no Japão e Europa, um remake, agora com gráficos e ambientação em 3D, “Project Altered Beast“ (Japão) e “Altered Beast” (Europa), retirava de cena a mitologia grega e entrava a ficção científica. A história girava em torno de Like Custer, que ganhou poderes de se transformar em vários tipos de feras após uma série de experimentos genéticos, nem é preciso dizer que o jogo foi “massacrado” tanto pela crítica quanto pelos jogadores.

 

Capa de Altered Beast (Europa)

 

Post Author: Vinicius Maciel

Joga video game desde a época que a palavra "ergonomia" não existia no dicionário dos designers de joystick !