Arranca rabo entre Sony e Nintendo

Depois de uma semana onde as novidades bombavam por causa da E3, é hora das pessoas que acompanharam o evento darem as suas opiniões, falarem o que vier na telha e constatar o óbvio em alguns casos.

E no quesito dar opinião, foi o que Shuhei Yoshida fez ao responder um pergunta de um de seus seguidores no Twitter.

Em uma tradução livre:

“Remi: …tenho um amigo que disse que o WiiU será mais poderoso que o Playstation 4… sim, Playstation 4. Ele realmente disse isso. O que você acha”

Shuhei: Deixe-o sonhar.”

“Pessoalmente eu sempre pensei que o Wii fosse um console de sua própria geração”, disse Yoshida ao site EuroGamer quando perguntaram se ele considera o WiiU um console da próxima geração.

“Eu sempre pensei que o Playstation 3 e Xbox 360 estivessem na mesma geração, mas o Wii não. Para mim, a indústria estava crescendo muito rápido quando as três plataformas foram lançadas por que o foco era diferente. O Playstation 3 e o Xbox 360 são muito próximos em termos de alta definição e serviços online. Mas o Wii se aprofundou no seu próprio nicho. Pra mim é como se tivéssemos duas gerações ao mesmo tempo. WiiU é a próxima geração do Wii. Isso eu entendo. Pra mim, é sua própria geração.

Eis que durante a entrevista surgiu a seguinte pergunta:

“Então [o Playstation 4] está chegando. Mas será que o WiiU irá, talvez, com um ano a frente na competição ser um competidor do PS4?”

“Essa é uma pegadinha! Nós não falamos da futura plataforma do Playstation nessa E3. Mas tudo compete pelo tempo, dinheiro e atenção dos consumidores. Quando você fala sobre indústria de games hoje, ela é muito maior do que há 5 anos – há muito mais pessoas jogando, seja em smartphones, Facebook, Pc e consoles. Já é multi plataforma, muito além desses três – Sony, Microsoft e Nintendo. Então estamos competindo com todos pela atenção do consumidor, não só da Nintendo e Microsoft.”

Obviamente esse tipo de declaração não poderia passar despercebida, ao ponto que o senhor “My body is Ready” Reggie Fils-Aime reiterou que não se trata de poder gráfico e sim de diversão. Sobre os comentários de Shuhei Reggie fez os seguintes apontamentos:

“Três comentários. Primeiro, não é sobre potência. Se assim fosse, então o GameCube teria sido o sistema número um na sua geração e o Wii não teria sido o número 1 da sua geração. Não é sobre potência, é sobre diversão. Segundo: Nossos concorrentes podem dizer o que quiserem por um longo período, mas vamos ver quais são as suas preocupações. Terceiro:  o modo como funciona o desenvolvimento é de acordo com o tempo que os desenvolvedores passam trabalhando com aquele sistema para adquirir melhores resultados. Um exemplo: olhe para os primeiros jogos do GameCube e compare-os a um jogo como o Resident Evil 4. É graficamente lindo e muito mais avançado do que os primeiros jogos de GameCube. O mesmo é válido para o Wii. Um grande exemplo é o Super Mario Galaxy 2. Os gráficos são lindos. E olhe como conseguimos evoluir o controle de movimento em The Legend of Zelda: Skyward Sword.”

Ele ainda adicionou: “Quanto maior o tempo que os desenvolvedores trabalharem em um sistema, mais ligado ele estará, quanto mais trabalhado, mais eles aprenderão os truques para otimizar a performance. Digo isso porque o que foi apresentado nessa E3 foi feito num tempo relativamente curto. Imaginem o que nós poderemos ver daqui a dois anos quando os desenvolvedores estarão trabalhando com o WiiU há mais tempo e aprendendo como lidar com o sistema.

“Nossos concorrentes irão fazer o que eles querem. Da nossa perspectiva, esse é o momento certo para lançar um novo hardware. E toda a diversão e experiência que podemos oferecer hoje com uma segunda tela é demonstravelmente melhor do que pode ser feito hoje com as outras plataformas.

 

E no papo sobre a Nintendo perder seu lado hardcore por causa da casualidade do WiiU, Reggie disse:

“Você sabe, eu realmente fico irritado com esse tipo de comentário. Defina o hardcore. Eu conheço pessoas que jogam Smash Bros. Brawl competitivamente hoje. Eles estão jogando horas e horas daquele jogo. Pessoas estão jogando horas e horas do New Super Mario Bros. O que eu digo para você é que o Wii não teve o benefício de jogos multiplataformas de empresas chaves. Nós não tivemos Skyrim. Não tivemos o melhor dos Call of Duty. Isso eu lamento.”

 

“Com a capacidade gráfica do WiiU, poder de processamento e saída para HD, nós teremos esses jogos. Essa é uma vantagem competitiva que temos em relação ao Wii.”

“Mas como a Nintendo fará isso?”

“Bem. a proposta para uma empresa de third-party ou independente é bem simples: Precisamos mostrar pra ele que a base de instalação estará ali para eles venderem a quantidade de jogos que representa um proposta rentável. O que nós queremos mostrar para esse desenvolvedores e editoras

O que nós estamos compartilhando com estes editores e desenvolvedores é como first-party games irá conduzir uma base instalada, e como, do ponto de vista de marketing, vamos chegar ao tipo de consumidores que querem criar conteúdo. Então nós temos que entregar a eles. O que vai nos ajudar são jogos como Batman: Arkham City – Armored Edition, Assassins Creed 3, Mass Effect 3 e Zombi U.”

 

Bacana ver dois presidentes “trocando farpas” apontando suas ideias de uma maneira até adulta e direta. Quem tem a ganhar com tudo isso? Nós.

 

Fonte: http://eurogamer.net (1) (2)

Compartilhe a Cidade

Post Author: Vice Kodoji

Não sabendo se é tenista, surfista ou vagabundo, Kodoji sempre desconfia que tem espíritos ou demônios dentro do espelho quando vai ao banheiro de noite.