🎤 Os Piores Jogos de 2017

Sejam bem vindos moradores da nossa querida Cidade Gamer, no programa de hoje vamos falar dos piores jogos de 2017, o que jogamos, o que odiamos e o que nem vamos chegar perto.

Para isso, reunimos nossa equipe com o nosso Diplomata Russo, Dhiego Lúcio, nosso Ministro da Ostentação, Victor Haratani, o Ministro dos Esportes, Brunno Leonardo, o Canequeiro Ed Palhares e o Prefeito Vivacqua!

Apoie o Padrim da Cidade Gamer

Este projeto só foi possível graças aos Padrinhos:

William Duraut Pudell, Thiago Bertuzzi, Thiago Morano da Silva, Brunno Leonardo, Rubens Mateus Padoveze,  Phylipe Brocco Anastácio, Tuco Souza, Suelen Nastri, João Henrique Dos Santos, Paulo Roberto Libardi, Maychon Monteiro de Paula, Ricardo Maginador, Igor Benício de Mesquita, Ralf Rossini do Nascimento, Pedro Ernesto Bastos das Chagas, Ana Luíza Ribeiro Meloni, Rodrigo Iso Obara, Ygor Amaral, Luiz Felipe Spencer, Aline Rosa Rodrigues, Guilherme Sansoni, Marcos Donizetti, Renato Monteiro Ruiz,  Carlos Eduardo Corsi Ferreira, José Gerim Cavalcante FIlho, Jackson Eduardo Homma, Jonathas Madeira, Diego Maeda Faquinello, Ronne Telles dos Santos e Diego Magaiver Jahn.

Comentados no Programa:

Canecas da The Magic Box

Gostou do nosso podcast? Já conhecia nosso podcast? Já conhecia essas histórias? Não deixe de contar a sua! Adoramos receber emails, e todos aqueles que escrevem são nossos moradores pixelados. Deixe seu recado, opinião e crítica em nosso email, escreva para: podcast@cidadegamer.com.br

Criado em um laboratório por motivos de puro luxo e inveja, Vivacqua tornou-se o inventor da internet e em seguida da primeira máquina do tempo.

Compartilhe a Cidade

Comments

comments

  • Michael Pereira

    Fala pessoal. Esse ano eu escapei da maioria dos jogos descritos na lista de piores, muito por causa de falta de dinheiro e também por pesquisar muito antes de fazer as compras.
    Sei que não são da categoria “piores”, mas gostaria de enumerar algumas decepções pra mim esse ano.
    Destiny 2: joguei e fiquei chocado o quanto é igual ao primeiro em todos os seus defeitos, inclusive essa tática agressiva de expansões e microtransações, mas dessa vez parece que a comunidade começou a pegar mais pesado com a desenvolvedora para freiar essas práticas. No meu caso pulei do barco bem cedo e vendi minha mídia física.
    Battlefront 2: gosto muito de Star Wars e fiquei extremamente decepcionado com o modo em que a EA vem tratando as suas franquias esse ano enfiando lootboxes em tudo quanto é canto, o que me deixa muito reticente ao lançamento do ANTHEM ano que vem, já que esse ano ela já colocou Mass Effect na carbonita. veremos…
    E por último, sei que não é um jogo em específico. os serviços da Sony como uma plataforma no geral. Está na hora da Sony olhar para a concorrência e começar a trazer serviços como Game Pass, reembolsos, retrocompatibilidade, Cross play e etc. Como sabemos, daqui a alguns anos a geração vai acabar e toda a boa vontade dos consumidores podem mudar, assim como já aconteceu no passado e pode ser tarde D+ para correr atrás.
    Ótimo fim de ano e um grande abraço Pixelado pra vcs.

  • Diogo Lopes Bastos

    O programa foi ótimo e devo dizer que agora que adquiri um Playstation 4 estou olhando muito bem quais games eu vou comprar, Sonic Forces parecia ser promissor, mas depois das criticas eu vou deixar ele de lado e tentar comprar o Sonic Mania. Marvel vs Capcom Infinity já foi uma decepção quando descobri que não teria os mutantes e nem Doutor Destino, sem contar que eles reaproveitaram muitos personagens do game anterior e erraram feio no modo história do mesmo jeito que o Street Fighter V, sem contar o modo Arcade que não tem final!
    Fiquei feliz quando descobri que o Bubsy iria voltar por ter jogados os games anteriores no Mega Drive, mas após ver os gameplays fiquei bem desapontado e esse está fora da minha lista.

  • Angelo Batista

    É muito triste esse caso do Battlefront II. E é mais triste ainda saber que, apesar de todas as criticas, o jogo ainda vende tanto. No caso do Batman: The Enemy Within logo no lançamento o jogo tava pessimamente otimizado, com muita gente nem conseguindo abrir o jogo.