🎮 Cidade Gamer 280: Jogatinas de Junho

Sejam bem vindos moradores e moradoras pixelados da nossa querida Cidade Gamer, no programa de hoje vamos nos reunir para falar o que estamos jogando neste mês de Junho, vamos desde de Tekken 7 até Hyperdimension Neptunia Re;Birth1, então chega mais perto e vamos papear sobre vídeo games!

E pra este programa contamos com os participantes: O nosso estagiário, Ânderson Peroty, o Ministro dos Esportes, Brunno Leonardo, o Ministro da Economia, Victor Haratani, o Ministro das Canecas, Ed Palhares e o Prefeito Vivacqua.

Apoie o Padrim da Cidade Gamer

 

Caneca da Mei de Overwatch

Este projeto só foi possível graças aos Padrinhos:

Flávio Camilo de Sousa Teixeira, William Duraut Pudell, Thiago Bertuzzi, Phylipe Brocco Anastácio, Gilmar Lima de Souza, Paulo Roberto Libardi, Suelen Nastri, David Vieira Nunes, Andre, João Henrique Dos Santos, Raphael Honda, Ricardo Maginador, Guilherme Sansoni, Drico DOliveira, Igor Benício de Mesquita, Ralf Rossini do Nascimento, Jackson Eduardo Homma, Rubens Mateus Padoveze, Renato Monteiro Ruiz, Diego Maeda Faquinello, Leon Borges E Silva, Thamise de Carvalho Farias, Gabriel Santana Novais, Carlos Eduardo Corsi Ferreira, Wagner Abril, Tuco Souza, Pedro Ernesto Bastos das Chagas, Diego Magaiver Jahn e Patrick Buchmann.

Siga no Twitter:

  Redes Sociais da Cidade Gamer:

Canecas da The Magic Box

Gostou do nosso podcast? Já conhecia nosso podcast? Já conhecia essas histórias? Não deixe de contar a sua! Adoramos receber emails, e todos aqueles que escrevem são nossos moradores pixelados. Deixe seu recado, opinião e crítica em nosso email, escreva para: podcast@cidadegamer.com.br

Compartilhe a Cidade

Comments

comments

  • Pra mim, em jogos de luta gráficos não são essenciais, são importantes claro, principalmente como apresentação inicial pro público, mas se a jogabilidade não é boa não adianta muito. Em jogo de luta mesmo, depois de quinze minutos você esquece gráfico e fica mais focado no sistema de luta em si, no meu caso mesmo, passado a barreira do gráfico eu gasto muito mais tempo jogando o novo KOF do que o Guilty Gear, não que o sistema do Guilty Gear seja ruim mas não me agrada tanto quanto o de KOF, que apesar de uma coisa ou outra que também não me agrade como por exemplo o combo automático, eu acho bastante divertido. Street Fighter III mesmo, o que tornou o jogo muito bom além do gráfico foi o sistema de luta dele, que na primeira versão não estava tão bom e foram refinando até a versão 3rd Strike que ficou excelente, hoje em dia mesmo tem bastante jogo de luta 2d bonito mas que não é tão bom seu sistema e também não tem personagens tão cativantes, assim como também tinham jogos principalmente na época do ps1 que possuíam gráficos ruins ou medianos mas que tinham um sistema divertido ou interessante (adoro a série street fighter ex mesmo hoje em dia com seu gráfico tosco), claro que ainda sonho com um KOF com gráfico de Guilty Gear mas essa foi só a minha opinião e sempre tento passar quando começam a falar de gráficos em jogos de luta.
    Enfim, continuam com o trabalho de vocês e um grande abraço!