🍻 Happy Hour: SpeedRunners

Sejam bem vindos moradores pixelados da nossa querida Cidade Gamer, hoje no nosso podcast de resenhas vamos falar de um jogo com um dos melhores multiplayers de sofá para o PC e o Xbox One, vamos falar de Speedrunners.

Para falar desse gerador divertido de jogatinas, recebo o Ministro da Economia, Victor Haratani e o Prefeito Vivacqua para jogar esse já clássico jogo.

Ficha Técnica: Speedrunners

  • Data de lançamento inicial: 26 de agosto de 2013
  • Game Engine: Microsoft XNA
  • Gênero: Jogo eletrônico de plataforma
  • Estúdio: tinyBuild Games
  • Plataformas: Xbox One, Microsoft Windows, Linux, Mac OS Classic
  • Desenvolvedores: tinyBuild Games, DoubleDutch Games

Apoie o Padrim da Cidade Gamer

 

Clique para comprar a caneca do Torbjorn de Overwatch

Este projeto só foi possível graças aos Padrinhos:

Flávio Camilo de Sousa Teixeira, William Duraut Pudell, Thiago Bertuzzi, Phylipe Brocco Anastácio, Gilmar Lima de Souza, Paulo Roberto Libardi, Suelen Nastri, David Vieira Nunes, Andre, João Henrique Dos Santos, Raphael Honda, Ricardo Maginador, Guilherme Sansoni, Drico DOliveira, Igor Benício de Mesquita, Ralf Rossini do Nascimento, Jackson Eduardo Homma, Rubens Mateus Padoveze, Renato Monteiro Ruiz, Diego Maeda Faquinello, Leon Borges E Silva, Thamise de Carvalho Farias, Gabriel Santana Novais, Carlos Eduardo Corsi Ferreira, Wagner Abril, Tuco Souza, Pedro Ernesto Bastos das Chagas, Ronne Telles dos Santos, Diego Magaiver Jahn e Patrick Buchmann.

Siga no Twitter:

Redes Sociais da Cidade Gamer

Coisas boas da Cidade Gamer:

Canecas da The Magic Box

Gostou do nosso podcast? Já conhecia nosso podcast? Já conhecia essas histórias? Não deixe de contar a sua! Adoramos receber emails, e todos aqueles que escrevem são nossos moradores pixelados. Deixe seu recado, opinião e crítica em nosso email, escreva para: podcast@cidadegamer.com.br

Compartilhe a Cidade

Comments

comments

  • JuKe

    Dois indies delicinhas que eu acho que merecem um Happy Hour: Guacamelee e Crypt of Necrodancer.

  • Ygor Amaral

    Ah… o que falar desse jogo que pouco joguei mas já considero pakas? Sorte a minha que consegui comprar na promoção, paguei menos de R$15,00 nele e vi que o jogo é bem gradinho sem contar as coisas que tem no workshop.
    Jogando ele me peguei naquele sentimento antigo que eu jogava Mario Kart, Mario Party e afins… aquele sentimento em que você se emputesse e começa a xingar todo mundo pq todo mundo tá acabando ctg uhauhauhau mas é muito divertido pra destruir/fortalecer amizades :v