Sua Morada Pixelada

Resenha: Tower of Guns

Resenha Tower of Guns

Por Carlos Vivacqua

Depois do nosso podcast sobre Jogos Roguelike, fiquei ainda mais intrigado com o estilo, cenários gerados de maneira procedural e um level design inteligente mesmo sendo aleatório me instigaram a conhecer vários jogos, um deles foi o FPS independente Tower of Guns!

O Jogo é Bom?

Sim

Por que o Jogo é Bom?

Quando a idéia de um jogo roguelike FPS me surgiu eu pensei, é como se DOOM encontrasse com qualquer coisa que eu não sabia o que esperar, e portanto havia a grande possibilidade de surpresa, e foi o que aconteceu em Tower of Guns. A idéia de entrar em uma fase gerada aleatoriamente para descobrir segredos, subir sua arma de nível e derrotar os mais diferentes inimigos foi um dos pontos que mais me chamou a atenção.

Com um estilo de cellshading combinado com uma leve pegada steampunk, ele combina elementos funcionais de FPS já existentes com o exagero que só consegui ver em jogos como os da série Serious Sam, e isso é bom. O jogo conta com uma seleção de armas inicial bem básica, com um rifle e uma pistola, e a medida que você coleta itens deixados pelos inimigos as mesmas sobem de nível, mas vale lembrar que este é um jogo roguelike ou seja, nada é permanente além da morte, e é errando que se aprende.

Os inimigos estão a altura de suas armas, canhões, robôs com serras voadoras, lançadores de balas gigantes, cortadores laser, canhões do tamanho de portas fazem de Tower of Guns um jogo difícil, desafiador mas que vale a pena se investir seu tempo. A todo momento você sente que está tentando sobreviver a um ambiente hostil onde máquinas exageradamente grandes irão te caçar.

Por que devo jogar o jogo?

O Arsenal de Tower of Guns
O Arsenal de Tower of Guns

Seria mais fácil listar motivos por que esse jogo é divertido, mas vamos elaborar com base na minha experiência com o jogo. Tower of Guns é um daqueles jogos que premia seu destaque e evolução, seja com armas novas, ou gerando uma fase aleatóriamente ou a recompensa de matar inimigos e subir seu equipamento de nível.

O jogo é um desafio constante, mesmo com uma arma no nível máximo e uma excepcional habilidade extra, pulos duplos e toda a sua coordenação motora, este jogo ainda irá te punir, te matar e te enviar pro começo do tudo e esse desafio que já está presente na maioria dos jogos no estilo roguelike está muito bem representado em Tower of Guns

Resenha Pontos Negativos e lado ruim do jogo

Um dos pontos negativos do jogo é a falta do nosso idioma, pelo menos na versão de Playstation 4, sei que é um jogo com pouco texto, mas ainda assim é um detalhe que fala conosco como gamers brasileiros, e não me entenda mal, eu não tenho restrição com a língua inglesa, só queria aumentar o espectro do jogo para que o máximo de pessoas pudessem se beneficiar de curtir tudo o que ele tem a oferecer.

Nota da resenha de Tower of Guns

 

 

[box]

Ficha Técnica


Tower of Guns

Gênero: FPS/Roguelike

Desenvolvedora: Terrible Posture Games

Disponível para: PlayStation 4, Xbox One, PlayStation 3, Xbox 360, Microsoft Windows

[/box]

Criado em um laboratório por motivos de puro luxo e inveja, Vivacqua tornou-se o inventor da internet e em seguida da primeira máquina do tempo.

Compartilhe a Cidade

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: