Sony diz que consumidores decidiram que 3D não é importante


A Sony admitiu que os consumidores efetivamente mataram a revolução 3D nos games.

“Os consumidores decidem o quão relevante é,” o chefe da Sony Computer Entertainment UK, Fergal Gara disse à Eurogamer. “É justo dizer que os consumidores decidiram que isso não é importante no momento.”

“É uma capabilidade que nós temos. Talvez seja maior mais para frente. É legal que nós podemos. Ele não tem se provado ser um grande diferencial nas vendas, então nós vamos focar nossos esforços em nossas novas propriedades intelectuais. Estou bem satisfeito com a força que estamos alcançando para o próximo ano. Nós vimos uma ressurgência da força dos produtos do estúdio.”

É uma mudança drástica da atitude da companhia que passou anos tentando convercer os consumidores que o 3D era a próxima evolução dos jogos.

Em 2009 o executivo chefe Sir Howard Sringer notóriamente clamou que TVs 3D “estariam em todas as casas” até o final de 2010.

No ano seguinte a companhia previu que o 3D iria revolucionar os jogos, nomeando isso como uma “significante estratégia a longo prazo” com o presitende da SCEE Andrew House depois prevendo que o 3D seria um passo a frente do HD.

E não é de surpreender que a necessidade de óculos que eventualmente impediu a tecnologia de alcançar maior sucesso. E vários disseram desde o início que a necessidade de óculos de provaria como a queda do 3D.

“Tanto se dizendo de filmes quanto de jogos, o uso de óculos para o 3D em casa não tem sido muito popular,” admite Gara. “Isso é um fato. Eu não li detalhadamente as pesquisas, mas os óculos são grande parte do incômodo.”

“Também acho que há uma diferença entre assistir com foco total e a maneira mais casual. Em casa as pessoas se ligam e desligam sua atenção e fazer isso com os óculos e dar uma olhada no tablet ou pausar um pouco, comparado com a experiência do cinema que é uma atividade de foco completo, você sabe que tem uma diferença aí.”

Fonte: http://www.mcvuk.com/

Post Author: Victor Haratani