Terceiro DLC de Call of Duty: Black Ops

Com menos de um ano de existência o game FPS Call of Duty: Black Ops está a um passo do lançamento de sua terceira DLC (Downloadable Content). Após o jogo ser o mais vendido da serie ate agora e possivelmente o mais bem sucedido jogo comparando com seus concorrentes diretos, sem perder tempo, lança seu primeiro DLC.

O DLC First Strike foi lançado no dia 1º de fevereiro de 2010(na XBOX Live, disponível posteriormente para PS3 e PC), voltado completamente para o mundo multiplayer. Este DLC contém 4 atrativos mapas multiplayers e um novo cenário para o modo Zombies.

Os mapas foram totalmente reformulados, dando um novo desafio aos gamers. O primeiro dos mapas é o Berlin Wall, que como o nome sugere, situa-se num dos postos militares do Muro de Berlin, na Alemanha.

Outro mapa presente no DLC é o Discovery, um mapa que recria uma base de pesquisa abandonada alemã na Antartica. Este é também um mapa muito bem desenhado e detalhado com imensas possibilidades estratégicas a serem exploradas nos mais variados modos de jogo.

Já no terceiro mapa deste DLC, chamado Stadium, os jogadores viverão batalhas a curta distancia, num estádio de hokey. O mapa mais dinâmico deste pacote de mapas e um dos mais jogados atualmente.

E por último, mas não menos importante o mapa Kwoloon, que traz um cenário de combates fechados, inspirado em um bairro chinês.

Já no mapa do modo Zombie chamado Ascension, que é ambientado numa base de testes soviética do gás que transforma pessoas em zumbis, o Nova 6. Um dos maiores, se não o maior mapa da serie Call of Duty, e, neste modo de jogo que estão as 4 conquistas do DLC.

Três meses depois a Treyarch lança seu segundo DLC, o Escalation. Novamente, o DLC contém 4 mapas para multiplayer e um novo mapa para o modo Zombie. Os mapas disponíveis deste DLC são: Zoo, Convoy, Hotel, Stockpile e Call of The Dead. Neste pacote de mapas, os mapas já estão grandes ao ponto de demorar para encontrar os inimigos, na minha opinião.

No mapa Zoo, que como o nome supõe, é um zoológico soviético abandonado, com muitos lugares para snipers ficarem na espreita, tirando um pouco a diversão da jogatina online.

O mesmo se repete no mapa Hotel, com dois hotéis nas extremidades do mapa e um campo aberto no meio tornando o jogo muito monótono.

Mas para equilibrar um pouco, temos o mapa Convoy que mesmo tendo alguns lugares estratégicos de longo alcance é bem equilibrado. O mapa se passa em algum lugar na Califórnia, inspirado na Guerra Fria.

E o melhor mapa deste DLC é o Stockpile, sem muitos campos abertos e de um tamanho ideal. Sem dúvida o mais jogado deste pacote de mapas.

E inovando novamente no modo Zombie temos o Call of The Dead, com um mapa gigantesco mas muito interessante. Novamente as conquistas estão neste modo, mas dessa vez bem mais difíceis e envolventes. Este mapa conta com muitos desafios e novidades. Você não pode perder a surpreendente experiência de jogar nesse modo

E menos de um mês após o lançamento do DLC Escalation, empurrando tudo que pode para os jogadores antes do lançamento do próximo título da franquia, a desenvolvedora anuncia o próximo e possivelmente o ultimo (aleluia) pacote de mapas, o DLC chamado Annihilation. Espera-se que este pacote de mapas seja como os anteriores, custando 1200 Microsoft points (na XBOX Live obviamente), com mapas cada vez maiores, e o do modo Zombie mais dificil. Especula-se também que o DLC terá mais 4 conquistas fechando um gamescore total de 1500G para quem conseguir completar o game. Os mapas foram nomeados como: Hangar 18, Drive-in, Silo e Hazard e o mapa da modalidade Zombie sem nome definido.

 

Este é o texto do morador Deivid Blackout. Se você quiser também pode ter o seu texto aqui na nossa “Voz do Morador Pixelado”, mande-o para ouvidoria@cidadegamer.com.br

Compartilhe a Cidade

Post Author: Cidade Gamer

Sua Morada Pixelada, podcasts de games, vídeos, colunas, matérias textos, notícias e muito bom humor!